Não se preocupe, não teremos spoilers neste post, mas para os mais sensíveis talvez a leitura não seja apropriada.

 

Bom, não é novidade que praticamente toda produção, seja para o cinema ou para a TV, está repleta de product placement  (que é diferente de merchandising), para ajudar a compor os orçamentos que geralmente são milionários.

 

As marcas querem estar onde o público está (ou no que ele assiste), mesmo que não sejam citadas ou evidenciadas em cena, e para isso recorrem às sutis aparições nos filmes e séries que acompanhamos.

 

No caso de Stranger Things, as inserções são realmente naturais e não causam aversão como algumas já bem discutidas pelos cinéfilos, como por exemplo a da PEPSI em Guerra Mundial Z, ou as 55 marcas que aparecem em Transformers: A era da Extinção em apenas (porém longas) 2h46m de filme. Aqui nos deparamos com outra discussão: se é efetivo ou não este tipo de ação, mas deixaremos essa questão para outro momento.

 

Espalhadas em nove episódios, as marcas presentes em Stranger Things somam mais de vinte, de acordo com alguns sites de entrenimento. Não pretendo fazer uma lista de todas que aparecem mesmo porque não percebi boa parte delas envolvido pelo enredo e pelo elenco apaixonante. Mas, como de costume, tenho uma mania de “caçar” as marcas que se camuflam (às vezes nem tanto) nos filmes que assisto.

 

Stranger Things faz referência como todos já sabemos à inúmeros clássicos da cultura pop e do mundo nerd que obviamente também são marcas, já que possuem produtos licenciados e direitos reservados, como o filme Caça Fantasmas e o jogo de RPG Dungeons & Dragons, estes chegam a fazer parte da trama e influenciar nas ações dos personagens, aqui quero apontar simples aparições de marcas bens de consumo e que sejam conhecidas pelo público geral, já que muitas são do dia-a-dia do americano, e nem todo mundo conhece por aqui.

 

Na segunda vez que assisti, anotei em um papel e perdi a ordem, mas separei 12 marcas bem conhecidas. Então vamos lá:

 

1. Coca-Cola
Essa aparece em vários capítulos, acredito que junto com a Budweiser, deve estar no Top 5 de marcas que mais aparecem em filmes e seriados.

2. Cheetos
Logo no começo da série acontece uma reunião em um fliperama onde o funcionário aproveita um pacote de Cheetos.

3. Pringles
Discretamente um tubo de Pringles figura na mesa de jantar da família do Mike, atenção para o sprint da Nancy atrás do irmão.

4. KFC
Num jantar com os pais da Barb, Nancy e Steve saboreiam frango frito do KFC.

5. Marlboro

Esta cena em especial é carregada de marcas, afinal, eles estão em uma loja de conveniências. Numa sequência temos, Malrboro, Salem, Parliament e Newport, além de Camel nas prateleiras, todas marcas de cigarro. Ainda no mesmo local, temos Casio na máquina registradora e muitas outras não tão conhecidas.

6. Miller
Na mesma loja, temos uma sequência com Eggo, (waflles que a Eleven adora) cerveja Miller, absorvente Tampax e, claro, Coca-Cola pra todo lado.

7. JVC
Joyce mostra sua pouca intimidade com aparelhos eletrônicos enquanto mexe da câmera JVC do Bob.

8. Polaroid

Karen, mãe do Mike registrando a fantasia do filho com uma Polaroid One Step Flash 600 bege.

9. Kodak

Mãe do Lucas registrando a fantasia do filho em uma Kodak Instamatic – X15. As últimas câmeras deste modelo foram fabricadas em 1976, (já estava defasada mesmo na época).

10. Stolichnaya

A vodka russa Stolichnaya (que aparentemente tinha outra grafia em 1980) aparece em um close enfático na casa do repórter Murray que investiga o desaparecimento da Barb.

11. IBM

Em um momento muito importante (e tenso), Bob dá uma de programador em um IBM.

12. Panasonic

Aparelhos eletrônicos permeiam toda a série, além de participarem fundamentalmente da trama, também são responsáveis por caracterizar a época dos acontecimentos de Hawkins, como este rádio da Panasonic. A marca também aparece em outros momentos/eletrônicos.

 

Você que já assistiu, notou a maioria das marcas que citei acima? E você que ainda não assistiu tem a chance de fazer uma listinha também!

 

Comentários

Comentários